Se você está abrindo uma empresa ou planejando o conceito de uma marca, provavelmente já sentiu a necessidade de um logotipo e de uma identidade visual para o seu negócio. Mas, já parou para pensar em qual é a real importância delas?

Cada vez mais consumidores buscam conhecer melhor as marcas das quais adquirem produtos e serviços. Isso acontece porque ao comprar algo você está sendo influenciado, mesmo que inconscientemente valores e sentimentos que aquela organização externa. Por isso é tão importante que sua empresa saiba comunicar essas questões com seu público alvo.

Um dos pilares dessa comunicação é seu logotipo e identidade visual: eles são a tradução em cores, traços e formas do posicionamento da sua marca no mercado. Por meio da simbologia elas vão dizer ao seu público alvo, em poucos segundos, quem você é e te ajudar a se firmar como referência no seu segmento. Vamos te dizer como, e porquê!

Entenda a diferença entre Logotipo e Identidade Visual

É importante destacar que logotipo e identidade visual não são a mesma coisa. Logotipo é a representação gráfica da sua marca. A identidade visual, por sua vez, engloba o logotipo, mas também cartões de visita, banners, a tipografia de apoio, às cores do manual de estilo, site e, em alguns casos, até mesmo alguns templates para posts em redes sociais. Ou seja: a identidade Visual norteia o estilo dos materiais gráficos de sua empresa para que eles sejam padronizados.

Isso é importante por dois fatores: primeiro, você passa uma mensagem de organização e coerência, o que sempre é bem visto pelos consumidores. E o mais importante: ao determinar uma identidade visual fixa e trabalhar com ela em diferentes materiais e formatos, você estará ajudando a fixar a imagem institucional de sua marca, o que fará com que as pessoas lembrem dela quando precisarem de seu serviço.

Por isso, antes de fabricar qualquer material é de extrema importância que esteja muito bem definido qual vai ser seu logotipo e a identidade visual. Desta forma, toda a comunicação fica alinhada e é repassada para o público de forma consistente.

Embora possa parecer tentador economizar no início do seu negócio, a identidade visual não é um bom lugar para se fazer isso: você não quer entrar no mercado com uma imagem amadora ou genérica e, além disso, se quiser substituí-la mais tarde por uma profissional terá que refazer todos os materiais gráficos e enfrentar um reposicionamento de marca, tendo que reconquistar os clientes que já eram fidelizados e que vão ficar confusos com a mudança.

Primeiros passos: Qual a função da identidade visual e como planejá-la

Pensando na identidade visual como estratégia global, que inclui o logotipo, é necessário ter em mente que ela não pode ser planejada sem antes fazer um estudo de mercado e uma análise do seu próprio negócio.

Primeiro, se pergunte: como é seu público alvo? Ele está em busca de uma marca acessível ou luxuosa, que se comunica de maneira divertida ou que é séria e extremamente séria e profissional? Quais são os seus diferenciais em relação aos seus concorrentes, quais são os valores intrínsecos de sua empresa? A excelência, a exclusividade, a garantia de segurança?

Ter esses conceitos bem definidos é primordial pois essas informações são valiosas para o desenvolvimento de um logotipo e de uma identidade visual adequada à comunicação que você quer estabelecer com seu público. Com esses dados, o profissional poderá definir quais são as melhores decisões artísticas e estratégicas para traduzir a essência da sua marca na sua identidade visual.

Logotipo: Um investimento a longo prazo

Tente se lembrar das marcas mais famosas do mercado, aquelas que você tem como referência. Provavelmente, não é necessário ler o nome delas para que você as identifique em um banner ou em uma campanha publicitária. Isso porque um logotipo bem feito e uma identidade visual forte fazem com que a imagem da empresa fique fixada na mente do seu público, que irá a identificar assim visualizar o material. Mas, para que isso aconteça, o logotipo tem que ser criado de forma profissional, tomando alguns cuidados. Não basta ser bonito, ele tem de transmitir de maneira assertiva os sentimentos e valores os quais sua marca quer expressar.

Para isso, o profissional que o executar precisa estar atento ao briefing e ser qualificado para a tarefa. Alguns pontos são essenciais para garantir que seu logotipo fique adequado e cumpra sua função corretamente junto a estratégia de identidade visual. Vamos listar os principais:

01. Originalidade do seu logotipo e identidade visual

Se você quer se destacar no mercado (que está cada vez mais competitivo!) originalidade é indispensável. Usar um logotipo genérico não é uma boa ideia, primeiro, porque vai fazer com que sua marca seja esquecida, e até mesmo confundida, em meio a outras que também não tiveram o cuidado de providenciar um logotipo original.

Um logotipo exclusivo – feito especialmente para sua marca e adequado às suas peculiaridades – é a forma mais eficiente de demonstrar profissionalismo e excelência em cada detalhe. É um bom ponto de partida para demonstrar ao seu público que sua marca é diferente e única, e por isso merece atenção.

02. Cores, Simbologia e Tipografia Adequadas

Como falamos acima, não basta ser bonito, o logotipo e a identidade visual precisam ser adequados à estratégia de comunicação da sua empresa. Para isso, existem amplos estudos que indicam como diferentes cores e tipos de tipografia transmitem sentimentos diversos para o público.

Por exemplo, tipografias mais altas passam o sentimento de nobreza, enquanto as mais robustas transmitem a ideia de força. O mesmo vale para as cores: o dourado automaticamente é associado ao luxo, o azul a tranquilidade e o verde à saúde. Tudo vai depender do segmento da sua marca, o público alvo e como você quer conversar com ele.

03. Impacto e aplicabilidade para sua identidade visual

Já sabemos que o logotipo e a identidade visual são fundamentais para conversar com seu público alvo e estabelecer a imagem institucional de sua marca como referência no mercado. Além de bonito, exclusivo e adequado à mensagem que você quer passar, seu logotipo deve causar impacto e ter boa aplicabilidade em diferentes materiais gráficos e publicitários.

Nessa hora, um profissional qualificado é fundamental. Ele poderá estabelecer uma tipografia e simbologia que além de todas as qualidades citadas anteriormente também possibilitem a aplicabilidade do seu logotipo em diferentes materiais sem que elas fiquem distorcidas ou ilegíveis, o que contribui para uma identidade visual consistente.

Logotipo e identidade visual: pilares da imagem institucional

Os detalhes importam, e os consumidores estão atentos a eles para avaliar o valor da sua marca. Por isso, junto com o nome, o logotipo e a identidade visual de uma empresa são os primeiros passos para estabelecer uma comunicação assertiva e funcional com seu público alvo.

Criá-los de forma original, exclusiva e profissional agrega valor a sua marca e é o primeiro passo para se posicionar no mercado como uma empresa diferenciada e bem organizada.

Nossa dica é: estude seu mercado, seus clientes e procure um profissional qualificado. Dessa forma, será possível elaborar uma identidade visual que seja que resista ao tempo e exclusiva, ajudando sua marca a se firmar como referência em seu segmento.